• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Município de Campinas assina TAC e assume responsabilidade pelo pagamento dos funcionários do hospital Ouro Verde

  • telefone banner
  • Banner Nova Sede
  • Banner Coordigualdade
  • Banner eliminacao
  • Aviso de Desfazimento 2018
  • banner protocolo
  • Banner audin
  • abaixo assinado trabalho escravo

Município de Campinas assina TAC e assume responsabilidade pelo pagamento dos funcionários do hospital Ouro Verde

Campinas - Em audiência realizada na manhã dessa segunda feira, 08 de janeiro, o Município de Campinas e a Organização Social Vitale Saúde - Complexo Hospitalar Prefeito Edvaldo Orsi firmaram Termo de Ajuste de Conduta (TAC), perante o Ministério Público do Trabalho. O Município assume a responsabilidade pelo pagamento de todos os direitos trabalhistas, especialmente dos salários de todos os empregados do Hospital Ouro Verde e também as verbas rescisórias de qualquer eventual rescisão realizada a partir de 05 de dezembro/2017.

O ajuste foi firmado após o MPT receber denúncias sobre as  condições de trabalho que vem sendo enfrentadas pelos trabalhadores do Hospital Ouro Verde, tais como: atraso salarial, FGTS não depositado e atraso no pagamento das férias.

A partir do TAC, proposto pelo procurador Mario Antonio Gomes, a Organização somente poderá rescindir os contratos dos trabalhadores com o consentimento do Município, e fica salvaguardada a demissão a pedido do trabalhador.

O descumprimento das obrigações assumidas pelo Município de Campinas implicará em pagamento de multa no valor de R$50.000,00 por item descumprido, acrescido com o valor de R$2.000,00 por trabalhador atingido. Da mesma forma a Organização Social Vitale também está sujeita ao pagamento de multa no valor de R$30.000,00 por item descumprido, cumulado com o valor de R$2.000,00 por trabalhador atingido.


Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos