• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Debates e exposição fotográfica abordam futuro da mulher e erradicação do trabalho escravo em São Paulo

  • Atendimento corregedor
  • Aviso de Desfazimento 2019
  • Banner eliminacao
  • banner protocolo
  • Banner audin
  • abaixo assinado trabalho escravo

Debates e exposição fotográfica abordam futuro da mulher e erradicação do trabalho escravo em São Paulo

São Paulo - Em São Paulo, no dia 8 de março - Dia Internacional da Mulher - a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) realizará, com o apoio do Ministério Público do Trabalho (MPT), o evento “Futuro da mulher no mundo do trabalho: erradicar o trabalho escravo e promover a garantia dos direitos humanos a partir de ações do desenvolvimento sustentável”, no Memorial da América Latina.

 No evento, será debatido como o mundo do trabalho e as propostas econômicas de desenvolvimento devem se ampliar a partir da sustentabilidade social e a com a erradicação do trabalho escravo.

Contando com a presença de Maria da Penha e de Leandro Karnal, o evento terá início com a abertura às 09h00 da manhã, e terá presenças confirmadas do procurador- geral do Trabalho, Ronaldo Fleury; da coordenadora nacional de Erradicação do Trabalho Escravo do Ministério Público do Trabalho, Catarina von Zuben; do reitor da UNICAMP, Marcelo Knobel; de representantes dos Tribunais Regionais do Trabalho da 2ª e 15ª Regiões e da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo.

O primeiro painel terá como expositora a farmacêutica e símbolo da luta pelos direitos da mulher, Maria da Penha, que deu nome à Lei nº 11.340 de 2006, uma importante ferramenta de políticas públicas para o combate à violência doméstica e familiar e para o fortalecimento feminino em todo o Brasil. Entre muitas outras homenagens, em 2016 a cearense foi cogitada para concorrer ao Prêmio Nobel da Paz.

Às 10:30h acontecerá a conferência do historiador Leandro Karnal, notório palestrante e professor da UNICAMP, sobre a promoção da garantia dos direitos sociais e humanos, com ênfase nos direitos da mulher.

Em seguida será realizado um debate sobre o impacto feminino nas políticas públicas, com a mediação da advogada e apoiadora do movimento “Juntas Impactamos”, Juliana Felicidade Armede. O debate contará com as participações da procuradora do MPT Adriane Reis de Araújo; da gerente de projetos da Aliança Empreendedora, Cristina Bonjardim Filizzola; da diretora executiva do Fashion Revolution, Fernanda Simon; da vereadora por São Paulo Patrícia Bezerra e da multiplicadora social do Centro de Apoio e Pastoral do Migrante (CAMI), Tomasa Nancy Salva Guarachi.

Durante todo o evento, o público poderá conhecer a exposição "Costurando Dignidade", que terá às 12h30 um momento de fala sobre o projeto, com a presença do fotógrafo Chico Max, cujo trabalho conta a história de mulheres migrantes que lutam diariamente contra as condições análogas à escravidão em oficinas de costura.

A entrada é gratuita. As inscrições podem ser feitas pelos endereços: www.nepo.unicamp.br ou www.facebook.com/observatoriodasmigracoesemsaopaulo.

SERVIÇO

Debates sobre o tema “Futuro da mulher no mundo do trabalho: erradicar o trabalho escravo e promover a garantia dos direitos humanos a partir de ações do desenvolvimento sustentável”; exposição fotográfica “Costurando Dignidade”.

Memorial da América Latina – Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda, São Paulo (SP) – CEP 01156-001

Das 09h00 às 13h00

Inscrições: www.nepo.unicamp.br

                   www.facebook.com/observatoriodasmigracoesemsaopaulo

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos