• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Não categorizado
  • Ação conjunta resulta na prisão de uma pessoa por tráfico de pessoas para fins de exploração sexual e trabalho análogo a escravo

  • Liberdade Sindical
  • BRASILIT BANNER
  • Aviso desfazimento 02 2019
  • Banner eliminacao
  • banner protocolo
  • Banner audin
  • abaixo assinado trabalho escravo

Ação conjunta resulta na prisão de uma pessoa por tráfico de pessoas para fins de exploração sexual e trabalho análogo a escravo

As menores eram mantidas em condições análogas a de escravo para fins de exploração sexual

Campinas – O Núcleo de Inteligência da Polícia Federal em Campinas, o Ministério Público do Trabalho, a Gerência Regional do Trabalho em Campinas e a Secretaria de Justiça e Cidadania (Núcleo de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas, Trabalho Escravo e Exploração Sexual) atuaram em conjunto, na tarde desta quinta-feira, 3, para libertar quatro menores, três adolescentes do sexo feminino e um do sexo masculino.

A partir de uma informação recebida pela Núcleo de Inteligência da Polícia Federal e confirmação da existência do local mencionado, os dados foram repassados ao Ministério Público do Trabalho que acionou a rede de proteção junto à Secretaria de Justiça para resgate dos menores.

Ao chegarem ao local, foram constatadas as informações e a prática de tráfico de pessoas, já que uma das menores foi trazida de Manaus, AM.

A pessoa que mantém o lugar foi presa em flagrante e responderá pelos crimes de redução a condição análoga à de escravo e tráfico de pessoas, cujas penas podem ultrapassar 16 anos de prisão.

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos