• denuncias
  • peticionamento
  • Mediação
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario

    • BRASILIT BANNER
    • Aviso desfazimento 02 2019
    • Banner eliminacao
    • banner protocolo
    • Banner audin
    • abaixo assinado trabalho escravo

    Audiência em Birigui busca inserção de jovens em vulnerabilidade social em programas de aprendizagem

    Iniciativa do MPT e do JEIA Araçatuba teve como objetivo garantir o cumprimento de cota legal por meio da inserção de adolescentes nas empresas

    Araçatuba - O Ministério Público do Trabalho (MPT) e o Juizado Especial da Infância e Adolescência (JEIA) de Araçatuba realizaram na manhã dessa terça-feira (20), no auditório do SESC de Birigui (SP), uma audiência coletiva com representantes de 45 empresas daquela cidade, com o objetivo de fomentar a contratação de jovens aprendizes por meio de cota legal, obrigatoriedade prevista na Lei nº 10.097/00. No evento foi apresentada a parceria das instituições com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo, que contribuirá na qualificação de adolescentes em situação de vulnerabilidade social, que poderão ser inseridos no mercado de trabalho, especialmente através da cota social, cuja previsão está contida no Decreto nº 8740/16.

    Imprimir

    Inaugurado primeiro barco-hospital no país para atendimento de média complexidade

    Viabilizado pelo MPT e TRT-15, a embarcação já atendeu 779 pessoas só na primeira semana em comunidades carentes do Pará

    Belém - "Todo trabalho só se completa quando gera impacto na vida das pessoas", essas palavras marcaram o discurso emocionado do procurador-geral do Ministério Público do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury, durante a cerimônia de inauguração oficial do barco-hospital Papa Francisco no sábado, 17 de agosto, em Belém. No início da tarde, ele visitou a embarcação, que foi viabilizada pelo MPT e pelo Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região por meio de valores decorrentes de acordo celebrado entre o Ministério Público do Trabalho (MPT) e as empresas Raízen Combustíveis S/A (Shell) e Basf S/A.

    Imprimir

    Operação Hipócritas: TRT-15 anula decisões embasadas em laudos falsos

    A pedido do MPT, desembargadores declararam a nulidade de 5 reclamações trabalhistas instruídas com base em provas forjadas

    Campinas – O Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (TRT-15) julgou procedentes 5 ações rescisórias ajuizadas pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), determinando a nulidade de decisões judiciais proferidas com base em laudos falsos, emitidos por peritos investigados na Operação Hipócritas, deflagrada em 2016 pelo Ministério Público Federal e pela Polícia Federal.

    Imprimir

    Municípios da região de Campinas se preparam para diagnóstico do trabalho infantil

    Treze cidades iniciam elaboração de pesquisa para ser aplicada em escolas públicas para o mapeamento de crianças e adolescentes em situação de trabalho

    Campinas - O Ministério Público do Trabalho (MPT) se reuniu na manhã dessa quinta-feira (15), na sua sede, em Campinas, com representantes de 13 municípios do interior de São Paulo, com o objetivo de criar um diagnóstico eletrônico do trabalho infantil nas cidades de Americana, Artur Nogueira, Campinas, Cabreúva, Hortolândia, Itatiba, Jaguariúna, Limeira, Pedreira, Piracicaba, Pirassununga, Sumaré e Valinhos.

    Imprimir

    Inauguração do barco-hospital “Papa Francisco” será em 17 de agosto

    Projeto conta ainda com duas ambulanchas e foi viabilizado com verba destinada pelo MPT em acordo histórico com as empresas Shell e Basf

    Campinas e Belém (PA) - No próximo dia 17 de agosto de 2019 será inaugurado, em Belém (PA), o barco-hospital “Papa Francisco, para atendimento médico de cerca de 1 mil comunidades ribeirinhas na região do Baixo Amazonas. O executor do projeto, orçado em R$ 25,1 milhões, é a Fraternidade São Francisco de Assis, entidade filantrópica sem fins lucrativos, mediante destinação de verbas advindas do acordo histórico do Ministério Público do Trabalho com as empresas Raízen Combustíveis S/A (antiga Shell Química) e Basf S/A.

    Imprimir

    TAC garante proteção a atletas em formação do Penapolense

    Acordo firmado com o MPT prevê que o clube ofereçacondições mínimas para realização de testes, requisitos para contratação e condições mínimas de alojamento e alimentação para categorias de base

    Campinas – O Clube Atlético Penapolense, da cidade de Penápolis (SP), e o Ministério Público do Trabalho em Araçatuba firmaram na quinta-feira da semana passada (8) um termo de ajuste de conduta (TAC) que visa garantir os direitos fundamentais dos adolescentes em formação desportiva. O acordo prevê condições mínimas para realização de testes ou seleções de jovens atletas e estabelece requisitos para figurar no contrato de formação desportiva, além de condições mínimas de alojamento e alimentação, sob pena de multa de R$ 10 mil por cláusula descumprida.

    Imprimir

    • banner pcdlegal
    • banner abnt
    • banner corrupcao
    • banner mptambiental
    • banner transparencia
    • banner radio
    • banner trabalholegal
    • Portal de Direitos Coletivos